Breno Altman: unidade na esquerda e o fator Bolsonaro